Unidades Curriculares

Estes dados referem-se às unidades do plano de estudos do Mestrado em Ciências Biomédicas que entretanto foi reestruturado e encontra-se em fase de acreditação.


1. Introduçãoà Bionanotecnologia                            1º Semestre                                            5 ECTS

Carga horária   T: 25; TP: 15; S: 5; OT: 5; A: 5 = 55

Objectivos pedagógicos:

Introdução aos princípios da bionanotecnologia, sensores e “biochips”. Ensino dos conceitos científicos e tecnológicos básicos de bionanotechnologia aplicados em biomedicina e bioengenharia.

Conteúdos programáticos:

  • Fundamentos de bionanotecnologia: introdução à física do estado sólido; tecnologia de micro e  nanofabricação de estruturas; estratégias de fabricação Bottom-up e Top-Down.
  • Métodos de analíticos em nanotecnologia: Microscopia de fluorescência; de Força atómica (AFM); de transmissão electrónica (SEM); de efeito de túnel (STM).
  • Síntese e caracterização de nanopartículas.
  • Moléculas biológicas e polímeros em nanotecnologia; auto-montagem (self assembly) de estruturas biológicas; Single Molecule detection. Biochips e nanosenores biológicos.

2. Biologia de Células Estaminais                      1º  Semestre                                   5 ECTS

Carga horária   T: 25; TP: 5; PL: 10; S: 5; OT: 5; A: 5 = 55

Objectivos Pedagógicos:

Compreender o conceito de Célula Estaminal. Estudo da biologia da célula estaminal de uma forma integrada ao nível da biologia molecular, celular e genómica. Propriedades, potencial e limitações do uso de células estaminais em medicina regenerativa.

Conteúdos Programáticos:

  • Conceitos básicos em Biologia da Célula Estaminal; introdução à Biologia da Célula Estaminal, auto-renovação e pluripotencialidade; divisão celular assimétrica e envelhecimento celular; “nicho”, microambiente para Células Estaminais.
  • Células Estaminais em desenvolvimento embrionário; Células Estaminais Embrionárias; Células Primordiais Germinais; clonagem de mamíferos.
  • Células Estaminais Adultas; Células Estaminais Hematopoiéticas; precursores vasculares endoteliais; Células Estaminais Neuronais, Pancreáticas, e de Mesênquima. Regeneração de fígado & Células Estaminais. Aplicação de Células Estaminais em neurobiologia restaurativa e em biomateriais para Engenharia de Tecidos.

3. Endocrinologia Humana                                              Semestre 1                      5 ECTS

Carga horária   T: 20; TP: 10; PL: 15; OT: 5; A: 5 = 55

Objectivos Pedagógicos:

Conhecimento do sistema endócrino e das principais hormonas envolvidas nos processos básicos da vida do organismo: metabolismo, crescimento e reprodução. Conhecimento das bases moleculares que permitam compreender o seu modo de funcionamento em condições normais e patológicas. Métodos de diagnóstico e investigação.

Conteúdos Programáticos:

  • Sistema endócrino humano, sua constituição e principais hormonas produzidas.
  • Células alvo e bases moleculares do modo de acção das hormonas.
  • Tipos de hormonas, regulação da sua produção e função.
  • Mutações genéticas e adquiridas: consequências e métodos de diagnóstico
  • Utilização de hormonas no tratamento de patologias do sistema endócrino. Terapia génica e regenerativa. Investigação em endocrinologia médica. Perspectivas futuras.
  • Uso de hormonas para fins ilegais e suas consequências.

4. Lipidómica Aplicada                                      1º Semestre                                    5 ECTS

Carga horária   T: 25; TP: 5; PL: 15; OT: 5; A: 5 = 55

Objectivos Pedagógicos:

A disciplina de Biomembranas visa o estudo da estrutura, funções, dinâmica e fisiologia das membranas biológicas, numa perspectiva integradora. Pretende, também, estudar as bases membranares de algumas patologias em humanos, bem como as aplicações terapêuticas baseadas em fármacos encapsulados em lipossomas.

Conteúdos Programáticos:

  • Estrutura e composição das biomembranas. Importância e diversidade. Perspectiva histórica. Isolamento e purificação. Composição molecular.
  • Estrutura e propriedades dos lípidos membranares. Parâmetros estruturais. Misturas lípidoágua. Termodinâmica do polimorfismo lipídico. Transição de fase. Modelos de membrana.
  • Caracterização das proteínas membranares. Isolamento, purificação e caracterização. Estudos estruturais.
  • Assimetria transversal e lateral. Topografia de proteínas. Citoesqueleto. Heterogeneidade lateral e transversal.
  • Dinâmica membranar e interacção lípido-proteína. Fluidez membranar. Rotação de proteínas. Difusão lateral de lípidos e proteínas. Interacção lípido-proteína.
  • Enzimologia membranar. Actividade de enzimas membranares. Importância dos lípidos.
  • Interacção e electrostática em membranas. Adsorção e partição. Permeabilidade. Propriedades electrostáticas. Potencial transmembranar. Poros, canais e bombas.
  • Encapsulação de Fármacos em modelos de membrana. Encapsulação. Libertação controlada.

5. Doenças Microbianas Emergentes                  1º Semestre                                    5 ECTS

Carga horária   T: 25; TP: 15; S: 5; OT: 5; A: 5 = 55

Objectivos pedagógicos:

Nas ultimas décadas, verificou-se o surgimento e respectiva identificação de dezenas de doenças previamente desconhecidas, para as quais a ciência não dispõe de tratamento eficaz. Esta disciplina pretende que os alunos adquiram conhecimentos e competências no âmbito deste fenómeno do foro bacteriano.

Conteúdos programáticos:

  • Iniciação ao estudo em Infecciologia Emergente. Principais aspectos Imunológicos e epidemiológicos. Equilíbrio dinâmico entre o Homem e os microorganismos.
  • Estudo integrativo das Doenças Microbianas Emergentes ao nível da Biologia Molecular, Microbiologia, Parasitologia e Infecciologia.
  • O aparecimento de novas doenças infecciosas emergentes como consequência das alterações recentes do comportamento humano e do meio ambiente.

6. Opção 1                                                         1º Semestre                                 

Carga horária  

A ser escolhida pelo aluno entre outras disciplinas já existentes em cursos da UAlg ou no âmbito do quadro optativo (nota: haverá um número mínimo de alunos para que as disciplinas do quadro optativo possam funcionar)


7. Tecnologia de regeneração e reconstrução de tecidos              2º Semestre         5 ECTS

Carga horária   T: 25; TP: 5; PL: 10; S: 5; OT: 5; A: 5 = 55

Objectivos Pedagógicos:

Assegurar que os alunos estão conscientes das matérias mais relevantes relacionadas com o aliciante campo da regeneração e engenharia de tecidos humanos nas suas diversas vertentes.

Conteúdos Programáticos:

  • História e presente situação da regeneração e reconstrução de tecidos. Noções necessárias de biologia, química, de materiais e de superfícies. Estrutura e organização de diversos tecidos vivos.
  • Suportes para reconstrução de Tecidos. Selecção de materiais adequados. Métodos de Fabrico. Degradação e propriedades mecânicas. Porosidade adequadas. Modificação superficial. Metodologias híbridas. Incorporação de células nos suportes.
  • Mecanismos de sinalização da célula - célula. Interacções material – célula. Interacções proteína - superfícies. Mobilidade celular e arquitectura de tecidos. Micro-ambientes dos tecidos. Formação de tecidos. Regeneração e/ou reconstrução de tecidos.
  • Sistemas de administração (incluindo sistemas injectáveis) e implantação. Sistemas de encapsulação para órgãos bioartificiais. Arquitecturas híbridas - in vivo versus in vitro. Principais aplicações potenciais da tecnologia de reconstrução de tecidos.

8. Hematologia                                                  2º Semestre                                  5 ECTS

Carga horária   T: 25; TP: 5; PL= 10; S: 5; OT: 5; A: 5 = 55

Objectivos pedagógicos:

Estudo do sangue e alterações mais vulgares na sua constituição.

Conteúdos Programáticos

  • Introdução à hematologia. O sangue circulante: composição, funções e determinações hematológicas de rotina no sangue circulante.
  • Hematopoise: orgäos hematopoiéticos. Hematopoiese embrionária e pós-natal.
  • Diferentes teorias de formação das células sanguíneas: as hemacias, os leucócitos e as plaquetas.
  • Estudo da morfologia, fisiologia e possíveis alterações das diferentes células sanguíneas.

9. Biologia do Osso e Cartilagem                       2º Semestre                                                      5 ECTS

Carga horária   T: 25; TP: 5; PL= 10; S: 5; OT: 5; A: 5 = 55

Objectivos Pedagógicos:

Proporcionar aos alunos um conhecimento dos processos bioquímicos, genéticos e metabólicos do tecido ósseo e cartilagíneo responsáveis pela formação e manutenção do osso e articulações em condições normais e patológicas.

Conteúdos Programáticos:

  • Constituição do osso e cartilagem, tipos de células e suas funções.
  • Componentes da matriz extracelular orgânica do tecido ósseo e da cartilagem: estrutura, biossíntese e maturação dos colagénios. Proteínas não colagénicas (proteoglicanos e glicosaminoglicanos, proteínas dependentes da vitamina K, factores de crescimento, citocinas e prostaglandinas, integrinas e moléculas de adesão, fosfatases ácidas e alcalinas, proteases da matriz).
  • Efeito das hormonas esteróides e proteicas no metabolismo do osso.
  • Homeostasia do cálcio e fosfato e sua regulação.
  • Mecanismos de crescimento, remodelação e degradação do osso. Marcadores bioquímicos da formação, reabsorção e remodelação do osso.
  • Modelos animais e sua aplicação ao estudo do metabolismo do osso e cartilagem.
  • Técnicas de reconstrução e regeneração do tecido ósseo e suas aplicações em medicina humana.
  • Patologias do metabolismo do osso e cartilagem: abordagens genéticas e bioquímicas. Osteoporose, osteomalacia, doença de Paget, raquitismo, cancro, osteopenia, osteosclerose e calcificações ectópicas. Artrite reumatóide e outras patologias articulares. Osteoartrite e patologias degenerativas da coluna.

10. Biomateriais em Ciências Biomédicas          2º Semestre                                  5 ECTS

Carga horária   T: 20; TP: 10; PL: 10; S: 5; OT: 5; A: 5 = 55

Objectivos Pedagógicos:

Dar a conhecer aos alunos as matérias mais relevantes relacionadas com o aliciante campo dos biomateriais nas suas diversas vertentes.

Conteúdos programáticos

  • História dos biomateriais. Materiais para aplicações biomédicas.
  • Tipos de biomateriais. Propriedades típicas de diversos biomateriais. Estrutura e propriedades de materiais biomédicos. Exemplos de aplicação.
  • Biomateriais degradáveis e mecanismos de degradação. Imobilização de enzimas.
  • Biomineralização, bioactividade e materiais biomiméticos. Compósitos em aplicações biomédicas.  Aplicações à engenharia de tecidos.
  • Caracterização mecânica de biomateriais. Introdução à resposta biológica a materiais implantados e à avaliação da biocompatibilidade de materiais de implante.
  • Sistemas injectáveis e cimentos ósseos. Modificações superficiais e adesão celular.
  • Adsorção de proteínas. Introdução à libertação controlada de agentes activos.
  • O biomaterial ideal - relação com as características funcionais e resposta a estímulos dos tecidos vivos.

11. Oncobiologia                                               2º Semestre                                    5 ECTS

Carga horária   T: 25; PL: 15; S: 5; OT: 5; A: 5 = 55

Objectivos Pedagógicos:

Apreender os conceitos da biologia molecular e genética do cancro. Definir as bases moleculares dos mecanismos envolvidos no controlo das respostas celulares a factores internos e externos capazes de afectar a divisão, diferenciação e morte celulares. Discutir exemplos de mecanismos responsáveis pela transformação celular e oncogénese, em particular aquelas associadas ao desenvolvimento de tumores humanos.

Conteúdos Programáticos:

  • Introdução; Estrutura do DNA e sua estabilidade. Mutações e reparação. Carcinogénese química e por radiação. Mutações, reparação do DNA e instabilidade genética.
  • Regulação da expressão genética em relação com o desenvolvimento de um cancro. Sinalização por factores de crescimento e oncogenes. Inibição do crescimento e genes supressores de tumores.
  • Crescimento: um equilíbrio na proliferação, na morte e na diferenciação celular. Apoptose. Células estaminais e mecanismos de diferenciação, invasão e metástase.
  • Nutrientes, hormonas e interacções genéticas.
  • Patologia: início de um neoplasma.
  • Epidemiologia: contribuição para a identificação de tumores.
  • Epidemiologia: identificação de causas relacionadas com cancros humanos.
  • Imunologia e imunoterapia de tumores. Princípios do tratamento do cancro.

12. Opção 2                                                        2º Semestre                                  5 ECTS

Carga horária  

A ser escolhida pelo aluno entre outras disciplinas já existentes em cursos da UAlg ou no âmbito do quadro optativo (nota: haverá um número mínimo de alunos para que as disciplinas do quadro optativo possam funcionar).


OP6. Biologia Cardiovascular                                                                                5 ECTS

Carga horária   T: 25; TP: 10; PL: 10; OT: 5; A: 5 = 55                              Disciplina de opção

Objectivos Pedagógicos:

Fornecer conhecimento aprofundado sobre a estrutura e modo de funcionamento do sistema cardiovascular humano e sobre os seus principais constituintes, sua estrutura e funcionamento. Conhecer as principais patologias associadas a um malfuncionamento do sistema cardiovascular. Conhecimento dos principais modelos animais utilizados em investigação biomédica.

Conteúdos Programáticos:

  • Constituição do sistema cardiovascular: coração, veias e artérias.
  • Sangue: constituição, função e modo de circulação.
  • Patologias associadas ao sistema cardiovascular: Bases moleculares e consequências para o funcionamento e sobrevivência do organismo.
  • Manutenção do sistema cardiovascular ao longo da vida.
  • Técnicas de reconstituição e regeneração celular aplicadas ao sistema cardiovascular.
  • Modelos animais em investigação biomédica.

OP7. Plantas Medicinais e Fitoterapia                                                                     5 ECTS

Carga horária   T: 20; PL: 15; TC: 15; OT: 5; A: 5 = 60                              Disciplina de opção

Objectivos Pedagógicos

Nesta disciplina pretende-se que os alunos compreendam o valor medicinal de diversas espécies de plantas usadas em todo o mundo em fórmulas medicinais, descrevendo as suas aplicações terapêuticas tradicionais, os seus constituintes activos e fornecendo os dados científicos disponíveis sobre o seu uso em ensaios clínicos.

Conteúdos Programáticos

  • Substâncias bioactivas das plantas medicinais: propriedades antioxidantes, antiproliferativas, analgésicas, anti-inflamatórias, antimicrobianas, anticonceptivas, espasmolíticas, antidiarreicas, antipiréticas, sedativas, entre outras.
  • A síntese química como fonte alternativa para produção de produtos farmacológicos.
  • Problema da complexidade das estruturas dos compostos derivados de plantas com interesse médico.
  • Nota histórica sobre a tradição ocidental no uso das plantas medicinais; a fitoterapia na terapêutica actual.
  • Conhecimentos introdutórios de farmacobotânica; metabolismo secundário das plantas; análise dos diferentes tipos de compostos bioactivos das plantas e os seus principais efeitos farmacológicos.
  • Indicações terapêuticas; dosagens e posologia; efeitos colaterais e restrições de uso.
  • Legislação relacionada com plantas medicinais; qualidade, segurança e eficácia dos produtos fitoterápicos (Agência Europeia do Medicamento: grupo de trabalho sobre medicamentos à base de plantas).
  • Exemplos de plantas com actividade sobre o aparelho digestivo, o sistema respiratório, o aparelho genito-urinário, o sistema nervoso central; exemplos de plantas utilizadas em cosmética e plantas com outras actividades.
  • Nota histórica sobre a o uso tradicional das algas na fitoterapia e cosmética; uso actual das algas na fitoterapia e cosmética.
  • Metabolismo secundário das algas e análise dos diferentes tipos de compostos bioactivos; principais efeitos farmacológicos.

OP8. Neurociências                                                                                               5 ECTS

Carga horária   T: 20; TP: 10; PL: 15; OT: 5; A: 5 = 55                              Disciplina de opção

Objectivos Pedagógicos:

As ciências dedicadas ao estudo do sistema nervoso, recentemente designadas de neurociências, têm como principal objectivo o estudo do sistema nervoso e as suas relações com o comportamento e funções corporais. Nos últimos anos as neurociências têm sido matéria de grande revolução devido à introdução de novas técnicas (e.g. biologia molecular, genómica, proteómica) e avançadas tecnologias, como os métodos imagiológicos para visualização do funcionamento neuronal. Estes avanços permitiram começar agora a compreender melhor o cérebro em condições normais e na doença.

Conteúdos Programáticos:

  • Fundamentos das Neurociências (nota histórica e novas perspectivas).
  • A arquitectura do sistema nervoso. Propriedades eléctricas dos axónios e das dendrites; Potencial de membrana e de acção;
  • Neurotransmissores (comunicação química, neurotransmissores clássicos, péptidos e não convencionais); Libertação de neurotransmissores (processo quântico, maquinaria exocitótica, plasticidade sináptica).
  • Receptores de membrana (ionotrópicos, metabotrópicos e catalíticos).
  • Vias de sinalização intracelular (proteínas G, regulação da função neuronal por cinases e fosfatases, influência sobre a expressão génica, papel do Ca2+).
  • Potencial pós-sináptico e integração de sinais (excitação / inibição); Processamento da informação em dendrites complexas e papel dos neurotransmissores retrógrados.
  • Comportamento e cognição (envelhecimento, aprendizagem e memória, atenção, linguagem e comunicação); doenças neurodegenerativas e hereditárias.