Programa de rádio "A RUA da Europa"

a
RUA FM - Rádio Universitária do Algarve (102.7 FM)
Share

O Centro de Documentação da Universidade do Algarve e o Europe Direct Algarve, em parceria com a Rede MOVE, e através da «RUA FM» - a Rádio Universitária do Algarve - estão a dar corpo a uma nova iniciativa que pretende alargar os horizontes dos jovens sobre a União Europeia. Com a duração de cerca de 5 minutos, o programa será transmitido todas as segundas-feiras, nos dias 5, 12, 19 e 26 de agosto, às 08h45 e às 18h45.

Trata-se de um programa de rádio e o objetivo passa por transmitir informação útil sobre a União Europeia [UE] e dar a conhecer inúmeros projetos, levados a cabo por diversas entidades, públicas e privadas, que trabalham no Algarve pela Europa, e em prol da comunidade algarvia e também da cooperação transfronteiriça.

O público-alvo são os jovens. Falamos dos jovens agentes de promoção do desenvolvimento, organizados ou em grupos informais, bem como dos jovens para quem diariamente são construídas políticas, medidas e projetos para uma maior inclusão e noção desta União que é europeia e que se pretende cada vez mais próxima e ao serviço de todos.

O programa é semanal, conta com diversas rubricas, entre elas o speak corner - um espaço onde, através dos diversos idiomas nos é dado a conhecer um conjunto de expressões típicas e úteis à comunicação no dia-a-dia, numa sociedade cada vez mais intercultural.  No DESTAQUE semanal quer-se dar a conhecer quem, no Algarve e na cooperação transfronteiriça desenvolve projetos com e para os jovens.  O novo programa, que arrancou a 13 de dezembro, tem também espaço para BREVES com informações úteis sobre iniciativas ou programas da União Europeia.

A escolha da «RUA FM» para transmitir este programa deve-se ao facto de se tratar de uma rádio universitária ouvida por muitos jovens, de várias nacionalidades e com interesses muito distintos.

O programa é produzido também em conjunto com diversos jovens que estão a realizar projetos Erasmus no Algarve (estudantes ou voluntários) e que são oriundos de diversos pontos da UE.