10 Anos MIM

O Mestrado Integrado em Medicina da Universidade do Algarve arrancou este ano letivo com a 10ª edição e irá promover um conjunto de iniciativas comemorativas dos 10 anos do curso na UAlg.

O curso de Medicina da UAlg deu os primeiros passos em 1998, mas foi em julho de 2008 que o curso foi anunciado publicamente pelo Primeiro-ministro, em visita à UAlg, acompanhado pelo Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e pela Ministra da Saúde.

Nesta visita, o curso de Medicina foi descrito pelo Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Dr. José Mariano Gago como “inovador no nosso País em termos pedagógicos” não só pelo processo de seleção permitir a entrada de alunos já detentores do 1º ciclo de estudos universitário, mas também, por assentar num modelo pedagógico em regime tutorial experimental baseado em estudo de casos clínicos.

A estrutura curricular do curso promove o contacto com a prática clínica logo desde o início do curso e favorece a proximidade, o contacto direto e humano com o doente.

“Na UAlg queremos formar homens e mulheres com elevado grau de humanismo na sua relação profissional com os doentes, atuando sempre com empatia e compaixão.”
(Doutor José Ponte, Fundador e Ex- Diretor do curso de Medicina da UAlg, Professor Emérito da UAlg)

O plano de estudos do curso proporciona aos alunos e futuros médicos um contato privilegiado e único no país com a investigação básica e clínica. O Departamento de Ciências Biomédicas e Medicina, através do Centro de Investigação Biomédica (CBMR) proporciona aos alunos a participação em projetos de Investigação a nível nacional e internacional, assim como a colaboração com professores especialistas internos e externos.

Desde a 1ª edição, em 2009/2010, a UAlg formou 200 alunos em Medicina, contribuindo para um aumento progressivo de médicos a realizar a sua especialidade na região do Algarve, 43 de um total de 121 médicos formados e já em formação na especialidade.

Dos 43 médicos formados e colocados no Algarve, 49% optaram pela especialidade de Medicina Geral e Familiar e 51% por outras especialidades como Medicina Interna, Medicina Física e Reabilitação, Oncologia Médica, Psiquiatria, Saúde Pública, Anestesiologia, Cardiologia, Gastroenterologia, Neurocirurgia, Pediatria, Pneumologia, Radiologia e Urologia.

Apesar da escolha dos alunos formados na UAlg favorecer a região algarvia, estes encontram-se distribuídos por todo o país, incluindo as regiões autónomas e também no estrangeiro.

Estes números têm tido um impacto muito positivo na sociedade algarvia, cumprindo assim a missão do curso e da Universidade do Algarve.

Passados 10 anos de existência, pretende-se assinalar esta data com a realização de múltiplos eventos/ atividades ao longo do ano letivo, em diversos pontos da região do Algarve.

Queremos proporcionar espaços de debate, refl­exão, partilha de experiências profissionais e académicas. Será uma oportunidade para recordar o passado, refletir o presente e perspetivar o futuro da Medicina no Algarve.

​​​​​​​

Share Partilhar